Maria Victoria consegue patrocínio da Copel para o Curitiba Carob House/CMP na Superliga

MV_Alieanacao
Maria Victoria reúne ideias sobre a Síndrome da Alienação Parental
22 de maio de 2018
ConveiosSaude050618
Maria Victoria consegue recursos para a saúde de Amaporã, Nova Londrina e Nova Cantu
5 de junho de 2018

Maria Victoria consegue patrocínio da Copel para o Curitiba Carob House/CMP na Superliga

CuritibaVolei

Costurado pela deputada junto à governadora Cida Borghetti e ao presidente da companhia, Adir Hannouche, o aporte vai ajudar a presidente Gisele Miró a montar uma equipe competitiva para a próxima temporada da Superliga

Quase 15 anos depois do fim do Rexona Paraná, bicampeão da Superliga em 1997/1998 e 1999/2000 com Bernardinho, outra equipe paranaense volta a ter condições de fazer bonito na elite do voleibol feminino: o Curitiba Carob House/CMP, atual campeão da série B da Superliga, que na manhã desta terça-feira (29) teve confirmado o patrocínio da Copel Telecom para a próxima temporada. O acordo foi costurado pela deputada Maria Victoria, em conjunto com a presidente do clube, a ex-tenista Gisele Miró, e o padrinho da equipe, o campeão olímpico Giba, com a governadora Cida Borghetti e o presidente da Copel Telecom, Adir Hannouche.

“Temos que comemorar este apoio para a equipe de vôlei de Curitiba, que retorna depois de 14 anos para a Superliga. Com esse incentivo teremos condições de montar uma equipe competitiva e poderemos voltar a trazer os melhores jogos de vôlei para a nossa capital, graças ao apoio do Governo do Estado”, comentou Gisele Miró.

O Curitiba Carob House/CMP na festa do título da Série B da Superliga.

O Curitiba Carob House/CMP na festa do título da Série B da Superliga.

Giba, ex-capitão da seleção brasileira e campeão olímpico em Atenas 2004, destacou o potencial social da iniciativa: “O Curitiba vai muito além de uma equipe de voleibol. Nosso sonho é ajudar a tirar muitas crianças e adolescentes das ruas, da influência das drogas, e contribuir para combater a obesidade e reduzir a incidência de problemas cardíacos, diabetes e outros, que tanto impacto têm nos cofres públicos. Quem sabe algumas dessas crianças que hoje estão vendo este acordo ser fechado possam um dia vir a jogar no Curitiba Vôlei”.

“A Copel Telecom, como uma empresa de mercado, promove iniciativas que façam sentido para a sua marca. E a companhia identificou no esporte uma forma de traduzir essa iniciativa cidadã e colaborativa para a população paranaense”, resumiu o presidente Adir Hannouche.

Maria Victoria também comemorou o patrocínio: “Fiquei muito feliz em dar esta excelente notícia para esta equipe tão guerreira, que vai devolver o nome de Curitiba e do Paraná à elite do vôlei no Brasil, como nos bons tempos do Rexona do Bernardinho. Não por acaso, eu propus e a Assembleia Legislativa concedeu à equipe o certificado de Menção Honrosa. É o reconhecimento pelo excelente trabalho desenvolvido pela Gisele Miró, o padrinho Giba, o técnico Clésio de Marins Prado e pelas jogadoras”, concluiu.